Menu
Você encontra-se aqui : ABC das Substâncias


GUIA DE SOBREVIVÊNCIA NOTURNA



Álcool

O álcool é uma substancia psicoactiva, que se obtêm a partir da fermentação de cereais, frutos e raízes e é a mais consumida em Portugal. As bebidas alcoólicas podem ser fermentadas (cerveja, vinho) ou destiladas (vodka, rum, aguardente, gin, whisky etc.)

O álcool é um depressor do Sistema Nervoso Central mas com feitos desinibidores e o seu consumo pode potenciar vários comportamentos de risco, tais como acidentes de tráfego, violência e comportamentos sexuais de risco.


Efeitos

O consumo do álcool em pequenas doses, pode provocar-te, relaxamento, euforia, desinibição, mas um consumo em doses elevadas, origina; sonolência, descoordenação motora, diminuição da atenção e da capacidade de reacção, dores de cabeça, náuseas, e redução da força muscular.

O consumo continuado e abusivo, provoca: dependência física e psicológica, insónias, diversos tipos de cancro, cirrose hepática, delírios, depressão psicose. Surgem ainda dificuldades nos relacionamentos familiares sociais e laborais.

O consumo acima de 3 copos por dia (Unidade de Bebida Padrão) é considerada um risco Para entenderes um fino/Imperial corresponde a 1 U BP. Um whisky ou um shot corresponde a 2 UBP.


Se Consumires

- Tem a preocupação de comer antes de beberes ou enquanto bebes. Teres o estômago vazio facilita o grau de absorção do álcool pelo organismo e potencia os seus efeitos.

- Não mistures álcool com medicamentos ou outras drogas sobretudo as depressoras (ex. heroína ou analgésicos).

- Tem atenção ao consumo de shots, embora não pareça são muito fortes.

- Bebe água com regularidade, ajuda-te a não ficares desidratado e a combater os efeitos do álcool.

-Não conduzas ou viajes com alguém, sobre o efeito do álcool.

- Nunca percas de vista o teu copo ou garrafa. Nunca se sabe o que lá pode ir parar.

- As mulheres lidam mais dificilmente com os efeitos do álcool pelo que devem consumir em menor quantidade.

- Álcool e gravidez são completamente Incompatíveis.


Enquadramento legal

O consumo de drogas é ilegal. A partir dos 16 anos és legalmente responsável pelo consumo, posse ou tráfico. Lei de 30 de 2000.

É proibido vender, comprar e consumir álcool antes dos 16 anos.



Tabaco

O tabaco é uma droga legal que tem origem na planta Sicrana Tabacum.

Pode ser fumado (em cigarro, cachimbo, charuto ou cigarilha).

Tem na sua composição diversa substancia tais como; a Nicotina (responsável pela maior parte dos efeitos no organismo) que apresenta propriedades estimulantes e viciantes; Monóxido de carbono (relacionado com a diminuição da capacidade de transporte de oxigénio); Substâncias Irritantes (associadas à tosse do fumador e alteração dos mecanismos de defesa do pulmão) e Agentes Cancerígenos.


Efeitos

O tabaco tem efeitos estimulantes e depressores que são imediatos e provocam o aumento do ritmo cardíaco, da frequência respiratória, da tensão arterial e um aumento do gasto de energia.

A curto prazo pode causar irritação das vias respiratórias, inflamação dos brônquios, obstrução crónica do pulmão, trombose e enfarte do miocárdio.

Entre os riscos a longo prazo destacam-se problemas ao nível dos sistemas, digestivo, respiratório e cardíaco e uma maior probabilidade de desenvolvimento de cancro do pulmão, do estômago e da cavidade oral.

O tabaco provoca tolerância e os efeitos da falta de nicotina no organismo, provocam, náuseas, vómitos e enjoos.

O consumo do tabaco, diminui a sensibilidade das pupilas gustativas e do olfacto.

O tabaco cria dependência.


Se Consumires

Evita fumar cigarros com alto teor de alcatrão.

Não fumes o tabaco até ao filtro pois é aí que se concentram as substâncias cancerígenas.

Não associes o fumo ao consumo de bebidas alcoólicas.

Come fruta e vegetais para compensar a vitamina C que é destruída pelo tabaco.

Evita consumir tabaco após situações que envolvam esforço físico( por exemplo: práticas desportivas, dançar ou caminhadas.

Evita fumar mais que 5 cigarros por dia.


Lembra-te

- Tabaco e gravidez são completamente Incompatíveis.

- O filtro do tabaco não elimina o monóxido de carbono nem os outros gases prejudiciais.


Enquadramento legal

O consumo de drogas é ilegal. A partir dos 16 anos és legalmente responsável pelo consumo, posse ou tráfico. Lei de 30 de 2000.

É proibido vender e comprar tabaco antes dos 16 anos.



Cannabis

A Cannabis Sativa é a planta da qual se produz o haxixe (resina) e a erva (caules e folha seca). É a mais popular das drogas ilegais. Pode ser consumida sob a forma de marijuana (erva), haxixe ou "óleo de cannabis ou de haxixe". Tem na sua composição entre muitas outras substancias o THC (principio activo que provoca a pedra). Geralmente é fumada com tabaco. Tem efeitos psicadélicos, alucinogéneos e depressores.


Efeitos

O THC (delta9-tetrahidrocanabinol) é responsável por quase todos os efeitos característicos, que aparecem rapidamente, variando em função da dose, da potência da cannabis utilizada, da forma de consumo, do estado de humor da pessoa e das experiências anteriores com esta substância.

Relaxamento, euforia, desinibição, maior sensibilidade a estímulos externos, aumento do ritmo cardíaco e da pressão arterial, aumento do apetite. Congestão dos olhos (olhos vermelhos). Após a euforia inicial podem surgir sintomas depressivos.

Em doses elevadas provoca; alucinações, náuseas, ansiedade, paranóia, e descoordenação motora.

O consumo continuado pode originar um estado de apatia, passividade, desmotivação generalizada, paranóia, problemas de memória e atenção, deterioração pessoal e isolamento. Observa-se o aumento de risco de bronquite, asma e cancro do pulmão. Psicose.

Os efeitos tóxicos desta droga são graves. Podem ser detectados vestígios da substância no organismo até um mês após o seu uso.


Se Consumires

- Evita associar o consumo de cannabis ao de outras substâncias psicoactivas (incluindo o álcool).

- Procura não conduzir ou andar no veículo de alguém que consumiu.

- Procura consumir em locais e com pessoas conhecidas.

- Se te sentires triste, ansioso ou por alguma razão estiveres em baixo evita consumir.


Enquadramento legal

O consumo de drogas é ilegal. A partir dos 16 anos és legalmente responsável pelo consumo, posse ou tráfico. Lei de 30 de 2000.

Se fores apanhado na posse de substâncias psicoactivas ilegais, mesmo que não sejam tuas ou para o teu consumo é a ti que é atribuída a responsabilidade perante as autoridades.



Cocaína

A cocaína é um estimulante semi - sintético do sistema nervoso central, com uma acção intensa mas breve (cerca de 30 minutos). Extraída das folhas de coca a " pasta" serve também para fazer o crack. Aparece sob a forma de um pó branco, cristalino, inodor, de sabor amargo e insolúvel na água. Pode ser injectado, fumada ou inalada através das narinas" snifada".


Efeitos

Os efeitos são imediatos e transmitem a sensação de um aumento da energia, euforia, desinibição, auto - confiança, aumento das capacidades intelectuais e sexuais e ligeiras alucinações auditivas, tácteis e visuais. Aumento do ritmo cardíaco, arritmias e palpitações, tremores, ansiedade e pânico. Aumento da temperatura corporal e da sudação, com dores no peito e contracções musculares.

O consumo continuado acarreta o risco de séria perturbação psicológica (psicose alucinatória). Depressão, psicose com alucinações auditivas e ideias persecutórias delirantes. Apatia sexual ou impotência, problemas cardíacos, lesões nas mucosas nasais. A dependência da cocaína tem consequências graves a nível psicológico, físico, relacional e emocional.

O termo "gulosa" atribuída a cocaína está relacionado com a grande dificuldade sentida pelos dependentes desta substancia em parar o seu consumo.


Se Consumires

Não partilhes tubos ou outro material usado para snifar.

Alterna a narina que utilizas.

Não partilhes seringas ou outro material para injectar.

Evita consumir outras drogas com a cocaína.


Enquadramento legal

O consumo de drogas é ilegal. A partir dos 16 anos és legalmente responsável pelo consumo, posse ou tráfico. Lei de 30 de 2000.

Se fores apanhado na posse de substâncias psicoativas ilegais, mesmo que não sejam tuas ou para o teu consumo é a ti que é atribuída a responsabilidade perante as autoridades.



Heroína

A Heroína é fabricada pelo processamento da morfina, extraída do ópio das papoilas. É um depressor do Sistema Nervoso Central, pelo que o seu efeito "Narcótico e Analgésico" diminui a sensibilidade à dor produzindo uma anestesia do cérebro e do corpo.

O coração bate mais devagar e as respirações ficam mais lenta e menos profunda.

Quanto mais clara, maior o conteúdo de heroína: Castanha (mais comum); branca (grânulos acinzentados); heroína farmacêutica (heroína pura para fins terapêuticos, em pó branco, em barras ou em ampolas de líquido claro). Pode ser fumada, inalada ou injectada.


Efeitos

O seu efeito é instantâneo quando injectada, demorando apenas alguns segundos quando fumada. Toda a dor desaparece, dá uma sensação de embriaguez de euforia e vagas de bem-estar. Em doses reduzidas, aumenta a auto-confiança e a desinibição. Em doses elevadas, a pessoa fica letárgica e não consegue comunicar com ninguém. Na primeira vez pode-se sentir náuseas e vómitos. Após 1 a 2 horas o seu efeito começa a passar, dependendo da quantidade, dos níveis de tolerância, do número de vezes e do local onde é utilizada a substância, pelo que, ao fim de 3 a 6 horas, o seu efeito desaparece totalmente. O consumo continuado acarreta dependência física e psíquica grave. Cria uma maior susceptibilidade a infecções e alterações psicológicas e do comportamento tais como a auto negligência, alienação e aumenta a probabilidade de comportamentos de risco a nível sexual, social e criminal.


Se Consumires

Não partilhes seringas ou outro material para injectar.

Evita consumir outras drogas com a heroína.

Procura mudar de veia.

Nunca injectes no pescoço ou nas artérias.

Em caso de hematomas ou abcessos vai imediatamente ao Centro de Saúde ou à urgência hospitalar.


legal

O consumo de drogas é ilegal. A partir dos 16 anos és legalmente responsável pelo consumo, posse ou tráfico. Lei de 30 de 2000.

Se fores apanhado na posse de substâncias psicoactivas ilegais, mesmo que não sejam tuas ou para o teu consumo é a ti que é atribuída a responsabilidade perante as autoridades.



Ecstasy

Droga sintética derivada das anfetaminas com efeitos estimulantes, psicadélicos e alucinógeneos. Aparece sob a forma de cápsulas ou comprimidos de várias cores. A forma de consumo é por via oral. Produz efeitos cerca de 30 min. após o consumo ( cuidado , algumas pessoas só sentem os efeitos 90 min. após) podendo durar 4 a 6 horas.


Efeitos

Euforia, elevação do humor bem-estar; Aguça a nível sensorio-motor e provoca alterações na percepção as cores e a música intensificam-se. É chamada a "Droga do amor" por provocar sentimentos de empatia e vontade em comunicar com os outros, aumentando assim a sensação de estar, de compreender e aceitar melhor os outros, aumenta a facilidade na relação/comunicação, a sociabilidade e a extroversão. Aumento de energia física e psíquica, aumento da temperatura do corpo (hipertermia), perda de apetite, náuseas, tensão muscular, aceleração do ritmo cardíaco e da tensão arterial, ansiedade.

O uso poderá causar dificuldade de memória, de tomada de decisões, impulsividade e perda do autocontrole, hiperactividade, agitação psicomotora, ataques de pânico, episódios psicóticos breves, paranóia, alucinações, despersonalização, depressão profunda. O uso continuado provoca depressão, ansiedade, cansaço, exaustão, perturbações do sono estados paranoides e psicóticos, problemas cardíacos, insuficiência renal aguda, hipertensão arterial, intoxicações hepáticas, redução da resistência às infecções virais.


Se Consumires

- Bebe água devagarinho;

- Evita consumir ecstasy com álcool ou outras drogas;

- Usa roupas largas e frescas;

- Bebe água sem abusar (meio litro de hora a hora), uma bebida com açúcar, sumo ou come frutas;

- Evita comprar ecstasy a estranhos - raramente sabemos de que é composto o ecstasy que é vendido, podendo os seus componentes provocar efeitos muito diversificados. Existe a possibilidade das pastilhas conterem outras substâncias que não o MDMA, algumas delas mais perigosas;

- Se te sentires mal pede ajuda.


Enquadramento legal

O consumo de drogas é ilegal. A partir dos 16 anos és legalmente responsável pelo consumo, posse ou tráfico. Lei de 30 de 2000.

Se fores apanhado na posse de substâncias psicoactivas ilegais, mesmo que não sejam tuas ou para o teu consumo é a ti que é atribuída a responsabilidade perante as autoridades.



GHB

O GHB é feito a partir de químicos e fabricado em laboratórios ilegais.

O GHB (gama-hidroxybutirato) ou "ecstasy líquido" é uma droga depressora usada anteriormente pelos médicos como um anestésico em cirurgias.

Apresenta-se vulgarmente com um líquido um pouco mais espesso do que a água, sem cor nem cheiro e um pouco salgado. Ocasionalmente aparece sob a forma de cápsulas ou pó.

É geralmente consumido via oral ou injectado.


Efeitos

Produz uma sensação de bem-estar, de euforia e de relaxamento. Aumenta a confiança, desinibe, aumentando o desejo sexual. Pode dar dores de cabeça, tonturas, náuseas, sonolência, perda de controlo muscular, problemas respiratórios, perda de consciência e amnésia. Se for consumido de uma forma exagerada poderá ter como consequências, agitação, alucinações, desorientação, discurso incoerente, dificuldade de concentração, dificuldade em focar a visão, perda de coordenação, relaxamento muscular, apatia, desmaio, coma. Uma das grandes preocupações sobre o consumo desta substância é o fato do GHB estar relacionado com actos de violência sexual.


Se Consumires

- Cuidado, como é difícil saber a concentração do produto podes pensar que estás a fazer uma dose adequada e estares a sobredosar.

- Os resultados são imprevisíveis e não ser os esperados.

- Os efeitos podem não ocorrer de imediato e se decidires repetir o consumo corres o risco de overdose.

- Procura não conduzires sob o efeito de GHB ou apanhar boleia com alguém que consumiu.

- Não mistures com outras drogas depressoras como o álcool, heroína ou sedativos, pois potencias o risco de overdose.

- Se fores asmático ou tiveres problemas respiratórios ou de tensão baixa não deves consumir GHB porque o teu corpo já possui uma vulnerabilidade que pode ser potenciada pelos efeitos da substância.

- Escolhe as pessoas com quem consomes e procura nunca o fazer sozinho.